sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

"O DESESPERO DE TOBIAS"

“E sucedeu que, ouvindo Sambalate e Tobias, e os árabes, os amonitas, e os asdoditas, que tanto ia crescendo a reparação dos muros de Jerusalém, que já as roturas se começavam a tapar, iraram-se sobremodo, e ligaram-se entre si todos, para virem guerrear contra Jerusalém, e para os desviarem do seu intento. Porém nós oramos ao nosso Deus e pusemos uma guarda contra eles, de dia e de noite, por causa deles. (Neemias 4:7-9)

O “ministério” satânico de Tobias começa quando ele ouve que “alguém veio procurar o bem dos filhos de Israel” (Ne 2.10). Apesar do nome “TOBIAS” significar “Javé é bom”, ele mesmo (Tobias) NÃO VALIA NADA - NÃO PRESTAVA. Sua origem amonita talvez explique tanto ódio dos israelitas, pois não podiam entrar na Congregação de Deus (Ne 13.1).

Começamos o ano de 2011 com um propósito: “12 Dias de Oração, para 12 Meses de Vitória” (realizamos 12 dias de cultos de oração, onde lançamos desafios e decretamos vitórias e bênçãos). No 13º Dia, realizamos a Primeira Santa Ceia do Ano. Foi um culto que quase virou uma vigília... Que Culto! Muitos irmãos foram renovados e Deus operou milagres e maravilhas no meio da Igreja. De contra partida, os Tobias e Sambalates se incomodaram e ficaram irados, pois decretamos que em 2011 as brechas serão reparadas e eles não suportam a felicidade dos filhos de Deus. Com certeza, esta Campanha de Oração e a motivação dos irmãos durante os 12 dias da campanha e nos últimos dias (em participar dos cultos semanais) estão desagradando com grande desagrado o amonita Tobias (Ne 2.10) e a primeira providência que ele tomou, foi a de zombar de nós e nos desprezar para ver se paramos esta grande obra que estamos fazendo (Ne 2.19) “querem se rebelar contra o rei?” ou seja, “querem se rebelar contra os ungidos do Senhor?” “vocês têm autorização de Deus para fazer isso?”. A nossa resposta foi e é a mesma de Neemias: “O Deus dos céus é que nos fará prosperar” (Ne 2.20). Conforme as coisas começam a melhorar em nosso meio (ou seja, a obra do Senhor começa a prosperar e crescer), ele começa a se “arder em ira” (Ne 4.1). É duro ter que aturar a ironia de Tobias quando afirma: “Ainda que edifiquem. Vindo uma raposa derrubará facilmente...” (Ne 4.3). Irrita o Senhor diante dos seus edificadores (Ne 4.5). Mas em NOME DE JESUS declaramos que, não vamos cair não, filhos do diabo. O Senhor é quem nos ensina a edificar e é Ele quem tem nos sustentado.

O desespero de Tobias foi tão grande por não obter sucesso nas primeiras investidas, que ele conseguiu aliados: arábios, amonitas, asdoditas e até uma profetiza chamada Noadias (Ne 6.14). Com esse “ministério satânico” reunido, Tobias intentou nos parar, lançando uma seta de enfermidade em minha vida, com o seguinte propósito: “Se pararmos o Pastor, paramos a Igreja”. Só que eles se esqueceram de um importantíssimo detalhe: ESSA OBRA É DE DEUS, não é do Pastor Marcos ou de qualquer outro irmão. Outro detalhe importantíssimo: Nós somos o Israel de Deus. O mandado do Senhor para nós é para sermos abençoados. Tobias está desesperado e tem motivos para isto: 1. Não pode amaldiçoar o que Deus abençoa; 2. Contra a Igreja do Senhor não vale encantamentos; 3. Malditos serão os que nos amaldiçoarem.
CONTUDO, PORÉM, o Senhor permitiu o ataque, assim como fez com Jó (Jó 1. 6-12) e o resultado foi o seguinte: Fiquei internado 04 (quatro) dias no CTI e 06 (seis) dias na enfermaria. Houve um dia, que me senti no vale da sombra da morte e creio que nesse dia, “Tobias” deu saltos de alegria pensando que a batalha já estava vencida. Enquanto isso, os santos oravam e clamavam a Deus em meu favor e o Senhor com a Sua mão forte, livrou-me do laço do passarinheiro Tobias, e, me retirou daquele hospital. Aleluia!!!

Amados, o desespero de Tobias vai aumentar ainda mais quando ele ouvir que não há mais brecha no muro e com isso levantará mais uma calúnia dizendo que Neemias quer ser Rei e com certeza porá profetas para pregar dele em Jerusalém (Ne 6.7). Isso será para desanimar-nos, mas “ESTAMOS FAZENDO UMA GRANDE OBRA E NÃO PODEREMOS DESCER” (Ne 6.3). Diante da nossa recusa, eles irão subornar um profeta para nos amedrontar (Ne 6.12) e no auge do seu desespero Tobias escreverá até cartas para nos atemorizar (Ne 6.19) mas um gadita com “cara de leão” temeria? (1 Cr 12.8), “um homem (de Deus) como eu e você, fugiria?” (Ne 6.11).

Cientes do desespero de Tobias que até já se aparentou com o sacerdote para poder entrar no templo (Ne 13.4) e também ciente das suas astúcias estamos tomando algumas providências:

- A partir da próxima semana (dia 01 de Março), estaremos recomeçando o período de oração com toda Igreja e conclamando a todos para um jejum congregacional durante todos os finais de semana, em favor de toda a liderança e membros da Igreja;

- Montaremos guarda de dia e de noite (Ne 4.9) contra Tobias, Sambalate e seus adeptos pois eles estão desesperados e podem fazer uma loucura a qualquer momento. Pedimos a cada irmão que peleje pela sua própria família (Ne 4.14). Até os edificadores estão fazendo a obra com uma mão e segurando as armas com a outra (Ne 4.17) são “benjamitas” que atiram com as duas mãos (1 Cr 12.2);

- A partir de Março, iremos programar um Relógio de Oração todos os sábados de Santa Ceia, e, além disso, convoco os irmãos a orarem pelo menos três vezes ao dia, todos os dias, e jejuarem nos finais de semana (durante todo o período de oração) em favor dessas causas.

O que toca a trombeta está junto a mim (Ne 4.18), assim todas as vezes que eles (os inimigos) tentarem impedir a obra, nós tocaremos a trombeta e convocaremos os irmãos para o Jejum, a Oração e a Vigilância E O SENHOR É QUEM PELEJARÁ POR NÓS (Ne 4.20).

Será compreensível o desespero de Tobias, O REI enviou comigo chefes dos exércitos e cavaleiros (Ne 2.9), são os guerreiros invisíveis que pelejam por Israel, são os carros e cavalos de fogo em volta de Eliseu (2Re 6.17), são os sessenta valentes que fazem a segurança da noiva (Ct 3.7), todos com a espada à cinta.

O resultado final é do Senhor, portanto “LEVANTEMO-NOS E EDIFIQUEMOS E ESFORCEM AS VOSSAS MÃOS” (Ne 2.18). Sê valente e deixa Tobias por conta do nosso Deus (lembra-te, meu Deus de Tobias... - Ne 6.14) E NO FINAL TODOS RECONHECERÃO, INCLUSIVE TOBIAS QUE O SENHOR FEZ ESTA OBRA. (Ne 6.16).
UMA SEMANA DE BÊNÇÃOS E VITÓRIAS PARA TODOS OS INTERCESSORES!
Artigos de Autoria do Pr João Neres - Pastor Vice-Presidente da IEADAV/RJ
Compilado com alguns acréscimos pelo Pr. Marcos Eli - Pastor Presidente da IEADU – Ministério Bom Pastor - Ubá/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário