segunda-feira, 6 de setembro de 2010

CRISTÃOS CHINESES RECEBEM BÍBLIAS LEGALMENTE

Expectativa é distribuir mais de 30 mil Bíblias ainda este ano
A China, que ocupa a 13ª posição dos países que mais perseguem a igreja, tem se mostrado mais acessível ao Evangelho. Tanto que o Ministério Voice of China and Asia, não encontra dificuldades para compartilhar as Boas Novas da Salvação.
O ministério distribui legalmente as Sagradas Escrituras para os irmãos, sem serem incomodados pelo governo, mas isso só foi possível graças a um cadastramento das igrejas.
O presidente do ministério, Jonathan Brooks, diz que a China tem um histórico recente de perseguir os cristãos, mas a situação parece ter mudado. "Aqueles que se inscreveram têm liberdade de culto. Essa é uma oportunidade maravilhosa, pois vamos trabalhar legalmente com a igreja registrada, que está aberta para a difusão do Evangelho", jubila.
A única Bíblia legal na China é impressa pela Amity Press. "Essas Bíblias são mais desejadas porque não têm ligações com o exterior. Ninguém tem que responder ao governo uma possível ligação com o exterior para conseguir uma Bíblia".
As Bíblias são encontradas em 70 pontos de distribuição. De lá, elas vão para 55 mil igrejas registradas.
No entanto, isso não significa que todo cristão chinês tem uma Bíblia. "Aquelas pessoas que moram na zona rural, distantes da cidade, não sabem onde procurá-las. Eles gastam cerca de 4% do rendimento anual para ir à cidade”.
Para ajudar essas pessoas, o ministério está levantando recursos para adquirir as Bíblias. "Estamos comprando Bíblias impressas legalmente para serem doadas. As igrejas farão a distribuição nos pontos pré-definidos”.
A expectativa para este ano é adquirir 30 mil Bíblias e para 2011 50 mil em 2011. Mas o ministério não tem recursos suficientes para comprar as Bíblias. "As pessoas podem comprar Bíblias por US$ 5", diz Brooks.
Clique aqui para conhecer mais sobre o trabalho do Ministério Voice of China and Asia.

Fonte: MNN / Redação CPAD News

Nenhum comentário:

Postar um comentário