quarta-feira, 30 de setembro de 2009

“AMANHÃ... TARDE DEMAIS!"

“Faraó disse a Moisés: Rogai ao Senhor que tire as rãs de mim... Disse Moisés: Quando orarei por ti e por teu povo para tirar as rãs de ti? E ele disse: Amanhã” (Êxodo 8.8-10)

Amanhã é um dia incerto. É incerto porque apesar de estar perto, ainda é futuro. Não conhecemos com exatidão o que ele nos reserva. Sequer sabemos se chegaremos a ele.

Em relação ao amanhã, o máximo que podemos fazer são planejamentos. Sábio é aquele que o planeja tendo em vista as lições assimiladas pelos dias passados e pelo dia de hoje; quer sejam de suas próprias experiências pessoais quer sejam de lições alheias que lhe servem de orientação ou de alerta.

Diante da incerteza do amanhã convém que você atente para as oportunidades que te são oferecidas hoje, para que não chores amanhã. Evidentemente, dentre as muitas oportunidades que a vida te oferece, a maior delas é de teres hoje a salvação de tua alma assegurada em Jesus Cristo, pois, assim te diz o Senhor, na Bíblia Sagrada: “Ouvi-te em tempo aceitável e socorri-te no dia da salvação; eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o tempo da salvação” (2 Coríntios 6.2). Portanto, não desprezes tão graciosa salvação.

No texto da introdução desta mensagem, observamos a insensatez de um monarca – o Faraó do Egito – quanto à projeção e as expectativas do amanhã. Ele havia se oposto à saída do povo de Israel do Egito. Deus, pelejando por Israel, enviou a praga das rãs sobre a nação egípcia, pelo que Faraó pediu que Moisés rogasse ao Senhor por ele e por sua terra. Indagado por Moisés quando deveria ser feita a oração, Faraó respondeu: Amanhã. Nota-se que, em sua insensatez e arrogância, aquele rei preferiu passar mais uma noite em dificuldades com as rãs do que receber o livramento de imediato.

Ainda que Faraó não tivesse feito um bom planejamento, felizmente para ele o seu amanhã chegou e, no dia seguinte, Faraó pôde ver-se livre daquela praga. Será que o teu amanhã chegará? Entregue a tua vida ao Senhor Jesus hoje e livre-se, imediatamente, da condenação eterna. O amanhã poderá não chegar para você. Já pensou nisto?

Mais tarde, Moisés disse a Faraó: “Amanhã fará o Senhor esta coisa na terra” (Êxodo 9.5), ocasião em que lhe fora anunciada a aproximação da praga da peste nos animais. Faraó poderia ter clamado a misericórdia divina naquele momento e livrar-se de outra praga que se avizinhava.

Novamente a oportunidade para que Faraó se arrependesse lhe era oferecida; contudo, mais uma vez ele não fez bom uso dessa oportunidade; “pagou para ver”, esperou a chegada do amanhã com mais uma nova praga, e sofreu por isto.

Por fim, após inúmeras oportunidades não aproveitadas, Faraó foi abatido para sempre, pois “as águas cobriram os carros e os cavaleiros de todo o exército de Faraó... nem um deles ficou” (Êxodo 14.28). Ou seja, na espera dos sucessivos “amanhãs”, finalmente chegou o dia em que ele não mais veio. Era tarde demais!

Jesus Cristo entregou-se na cruz em teu lugar. Tomou sobre Si os teus pecados, para que o teu amanhã eterno seja glorioso com Ele no céu. Entregue-se a Ele HOJE, porque amanhã poderá ser.....Tarde demais!

“Meu amigo, hoje tu tens a escolha: - Vida ou Morte – Qual vais aceitar? Amanhã pode ser muito tarde: Hoje Cristo te quer libertar” (Coro do Hino 570 da HC)

Texto de Autoria do Pr Celso de Castro - Extraído do site da IEADAV

Nenhum comentário:

Postar um comentário