quarta-feira, 12 de agosto de 2009

NÚMERO DE CONVERSÕES A CRISTO AUMENTA NO IRÃ

Líderes proeminentes do governo iraniano têm declarado publicamente nos últimos anos que o cristianismo “é uma das ameaças à segurança nacional iraniana”. Sob o regime islâmico, muitos ex-mulçumanos que se converteram ao cristianismo foram assassinados pelos radicais ou executados por ordem judicial sob acusações falsas de espionagem no Irã. Apostasia é um dos quatro crimes capitais naquele país.
Durante um discurso para estudantes em Teerã, o clérigo shiita Hasan Mohammadi, do Ministério da Educação, declarou: “Infelizmente, todo dia, cerca de 50 moças e rapazes iranianos se convertem secretamente ao cristianismo em nosso país”. Mohammadi ainda admitiu “o fracasso da República Islâmica do Irã em promover o islamismo”.
Estima-se, segundo a Compass News, que 60% do povo iraniano já ouviram a mensagem de Cristo.


Fonte: Jornal Mensageiro da Paz (Agosto 2009)

Nenhum comentário:

Postar um comentário