quarta-feira, 29 de julho de 2009

PROCURA-SE CRENTES COM CARA DE LEÃO

“DOS GADITAS PASSARAM-SE PARA DAVI À FORTALEZA NO DESERTO, HOMENS VALENTES, HOMENS DE GUERRA PARA PELEJAR, ARMADOS DE ESCUDO E LANÇA; SEUS ROSTOS ERAM COMO ROSTOS DE LEÕES, E ERAM ELES LIGEIROS COMO CORÇAS SOBRE OS MONTES” (1 Cr 12:8)
Muitos guerreiros vieram a Davi em Ziclague para o apoiarem como rei de Israel (1Cr 12.1). Vieram benjamitas que atiravam contra o inimigo com a mão direita e com a mão esquerda (v-2); Levitas como Amasai que disse: “Nós somos teus ó Davi! E contigo estamos ó filho de Jessé”. Vieram também os filhos de Issacar, destros na ciência dos tempos, para saberem o que Israel devia fazer (1Cr 12.32). Além desses guerreiros e de muitos outros relatados no cap. 12 de 1Crônicas, havia um grupo que nos chama bastante a atenção. São os gaditas, homens valentes, armados com escudos e lança, homens de guerra para pelejar (1Cr 12.8), eles tinham duas características: 1) tinham cara de leão e 2) eram ligeiros como as corças sobre os montes. Devido ao pequeno espaço neste boletim falaremos apenas sobre a primeira característica.
Quando dizemos que precisamos de “CRENTES COM CARA DE LEÃO” nos lembramos que Jesus é o Leão da tribo de Judá, portanto todo aquele que se diz cristão, deve ter “cara de leão” pois o termo “cristão” significa “miniatura de Cristo”. Procura-se crentes com “cara de leão” para romper as dificuldades sem reclamar, pois esses gaditas atravessaram o rio Jordão quando ele transbordava em todas as ribanceiras. Procura-se crentes com “cara de leão” para por em fuga os exércitos dos inimigos (1Cr 12.15).
Segundo a enciclopédia Encarta, o rugido do leão pode ser ouvido a nove quilômetros de distância. Por isso, procuramos crentes com “cara de leão” para se reunirem neste lugar e começarem a dar “rugidos do Espírito” e nenhum demônio desavisado ousará passar a menos de nove quilômetros da nossa igreja, da nossa casa, do nosso carro e de tudo que está sob o nosso cuidado. O profeta Amós sabia disso quando disse: “rugiu o leão, quem não temerá?” (Am 3.8).
Jesus disse: “As portas do inferno não prevalecerão contra a minha igreja” (Mt 16.18). Eu nunca vi portas correndo atrás de ninguém, portanto quando Jesus disse isso, estava nos mandando atacar as hostes infernais e não apenas nos defender. Procura-se crentes com “cara de leão” para derrubar as “portas do inferno” e resgatar os cativos que estão acorrentados pelo pecado.
Se você é um crente gadita, com “cara de leão” o rei Davi está te alistando para esta peleja. O nosso Davi é o Leão da tribo de Judá (Ap 5.5).
Ele precisa de crentes com “cara de leão” para estabelecer o seu reino neste bairro, nesta cidade, nesta nação e até nos confins da terra. Se tu és um gadita, sobe a este deserto de Bom Pastor e ajuda a Davi.
A VITÓRIA É NOSSA, PELO SANGUE DE JESUS!

Pr. João Neres
“Texto Extraído do Boletim Semanal 047/2004, da Congregação Monte Horebe / IEADAV/RJ"

Nenhum comentário:

Postar um comentário